Proteção
Maria Nogueira Martinelli
(Sapeka)
 
Amparo
José Ernesto Ferraresso
(cigano)
 
Enquanto dormia senti,
Enquanto descansava 
 
era tua presença meu anjo.
Sentia uma força estranha,
 
Embalava o meu sono,
Que envolvia o meu sono,
 
 numa prece que não sonhei.
Na prece inacabada.
 
 
 
 Das tuas mãos pude sentir,
Sentia mãos que me tocavam
 
um calor que me envolveu,
 um calafrio estranho
 
e de tão pura energia,
um toque diferente espiritual
 
 que o teu céu alcancei.
que jamais imaginei
 
 
 
Mãos de um anjo,
Seriam mãos angelicais?
 
 prece de um anjo.
Orações de espíritos  
 
Amigo? mãe? espírito?
Seres que protege? cuida? rege?
 
 não sei,
Não sei discernir
 
mas digo amém,
Quero agradecer
 
 me fez muito bem!
Por esse bem que me fez...
 
 
22/09/2007
 
 
 
imagens tube: Suzi Sgai
 
 

 

 

Menu

Criação - ©Copyright 2006 - Machado Web Solutions.