Quem sabe amanhã
Maria Nogueira Martinelli
(Sapeka)
 
Quem sabe agora
Sônia Ravanini Pina
(BRENDA)
 
 
 
Quem sabe em um outro dia ...
em outra época e com outra visão
Pudesse eu então abrir o coração!
 
 
Quem sabe se não é hoje
com muito mais ternura e emoção
pudéssemos nós reverter a situação!
 
 
Quem sabe do amanhã?
Talvez o dia amanheça claro!
Talvez haja nuvens de esperança!
 
 
O que foi o ontem se já passou?
Quem sabe anoiteça em paz, ou,
quem sabe o céu clareie de estrelas!
 
 
Quem sabe então aconteça...
 
 
Quem sabe então amanheça...
 
 
 
O futuro é um presente.
Traz respostas de uma vida.
Suaviza todo traço da ferida.
 
 
O presente está no futuro,
um desconhecido na vida da gente.
O agora já é passado indiferente.
 
 
Quem sabe agora não seja a hora
E o amor que hoje tanto demora
Acalme a dor e a mande embora
 
 
Quem sabe se a hora não foi ontem?
E a dor afastou toda a possibilidade,
e o amor, pela demora, afastou-se, foi-se embora.
 
 
 
Sapeka
26/11/2007
 
Brenda
26/11/2007
 
 

 

 

Menu

Criação - ©Copyright 2006 - Machado Web Solutions.