As marcas do amor
Maria Nogueira Martinelli
(Sapeka)
 
 
Fica na boca o gosto bom do amor,
no corpo, o cheiro doce do prazer.
Na pele restam marcas da volúpia,
tatuadas pelas cores do desejo.

 
Os lençóis ainda guardam o calor,
da chama ardente, acesa na paixão.
Ainda tem um pouco do perfume,
como prova do amor perpetuado.

 
Do idílio envolvido nessa noite,
restam roupas a postos pelos cantos,
 testemunhas oculares do prazer,
sentinelas espreitando o momento.
 
 

São as marcas dos carinhos de amor,
veladas pela noite até o amanhecer.
Fiéis guardiãs dos desejos saciados,
escuderias de sonhos realizados.
 
 
 
Santos , 20 de junho de 2010.
 
 
***************************************
 
 
SUSPIROS NOTURNOS
 
Walterbrios
 
 
 
Da tua boca saem murmúrios,
 
Suspiros noturnos que arrepiam a pele,
 
Volúpias marcam o corpo
 
E o tatuam de prazer que o desejo expele.
 
 
 
O calor dos lençóis guarda a chama da excitação,
 
Acesa pelo perfume do amor que fizemos a sós,
 
Idílio do coração, devaneios de paixão.
 
 
 
Pelos cantos as roupas atiradas
 
Espreitam o prazer e atestam o momento
 
Perene do amanhecer das flores orvalhadas.
 
 
 
O carinho que vem depois
 
Os sonhos realizados
 
Saberemos nós dois
 
Só nós dois amados.
 
 
 
SSABA 20/6/2010
 
 
 
 
imagem tube casal Denise Worisch
arte Sapeka
 
 

 

 

Menu

Criação - ©Copyright 2006 - Machado Web Solutions.